Fefa Pimenta Shampoo Sólido Sabonete Natural Oleos Essenciais

Vejo a preocupação com o uso diário dos óleos essenciais e por outro lado, não vejo questionamentos quanto ao contato diário e contínuo com agentes poluidores que respiram, tal qual o monóxido de carbono, que sobrecarrega nocivamente nosso corpo. Não vejo falar que remédios alopáticos, de agrotóxicos e tantas outras nocividades que se tornaram cotidianas.

Claro, que sempre destaco: todo o respeito com esses vidrinhos. As plantas doaram toda sua essência e toda sua força está concentrada ali, então que usemos com sabedoria e respeito, mas jamais com medo. Que seja um encontro, com delicadeza e é claro, como em tudo na natureza: em pequenas doses e com muita paciência.

Temos que lembrar que a visão inglesa dos óleos essenciais é mais conservadora, onde prevalece o uso tópico, principalmente em cosméticos naturais. Diferente da francesa e até mesmo a egípcia, que trabalham com o uso interno, levando os óleos essenciais ao dia-a-dia das pessoas através da ingestão, sem essa visão pragmática que parece se espalhar aqui pelo Brasil.  Não sei até que ponto é uma forma encontrada por órgãos fiscalizadores, que com a tese do “perigo”, “socorro”, restringem o uso de alguns óleos essenciais (ou pelo menos tentam) em determinadas formulações ou produtos, mas substâncias nocivas como formol e tantas outras que não pretendo elencar aqui, são “toleradas”.

O olfato é muito estimulado quando estamos em contato com as nuances dos aromas da natureza (aquele cheiro de terra molhada, de laranja no pé, de manga descascada e de jasmim). Isso acontece também com os óleos essenciais.

E o descanso olfativo? Ah, é muito particular. Há quem precise de grandes intervalos sem aromas, porque trabalha muito diretamente com os óleos essenciais e há quem com apenas algumas horas ao ar livre fique suficientemente renovado para sentir novas notas aromáticas.

No mais, o contato do nosso olfato e pele com óleos essenciais no que usamos no dia-a-dia é bem menos danoso que os de fragrâncias sintéticas. E por isso opções de perfumes naturais e botânicos, sabonetes, shampoos e demais cosméticos naturais com óleos essenciais são experiências únicas.

E os óleos essenciais ainda  tratam terapeuticamente. Sou extremamente grata a cada plantinha que doou sua alma aromática para  um vidrinho. Uma generosidade que temos a chance de introduzir no nosso dia-a-dia.

Perfume Botânico Imperatriz

Conheça a Casa Alquímica.

Saiba mais

Tem um aspecto que merece destaque: vejo gente que usa óleo essencial pra tudo: “oi, tô meio esquisita hoje, vou abrir um vidrinho”. Será que abrir um vidrinho de óleos essenciais resolve mesmo todos os seus problemas? que tal trabalhar isso individualmente? O acompanhamento de um aromaterapeuta para analisar todo o conjunto (externo, interno, psicológico) é muito importante.

Estamos buscando alternativas mais naturais e integradas com o meio ambiente. E isso é ótimo. E essa “busca” deve se pautar no equilíbrio, que é a chave para a harmonia em nossas vidas. Como concluiu Paracelso: “a diferença entre antídoto e veneno é a dose”, pois bem, que tal levarmos isso para nosso cotidiano?

É realmente necessário usar óleo essencial para a limpeza do chão de nossas casas, se o álcool faz esse serviço de assepsia com dignidade? E ainda temos o vinagre e o bicarbonato de sódio nesse time (que merecem posts exclusivos, é papo pra adiante!). E você pode integrar com um aromatizador de ambiente, pronto! Ou pode usar da criatividade: fez limonada? Fez suco de laranja? Que tal guardar as cascas em um recipiente com álcool ou vinagre e deixar lá, para o dia da limpeza? A casca dessas frutas contém óleo essencial, é uma forma de aproveitar isso! E você pode colocar ervas aromáticas e desfrutar uma limpeza herbal deliciosa e de todas essas maneiras integrar as plantas e seus benefícios na sua vida.

Sabonetes Naturais Fefa Pimenta
Loja VirtualFanpage

No mais, não preciso dizer que acredito muito no quanto um produto com óleos essenciais tem efeito terapêutico. E cada detalhe reside um cuidado em relação a seus efeitos e resultados ao longo do tempo.

E é por isso que acredito muito em cosméticos/sabonetes naturais e em perfumes botânicos.

Usemos com sabedoria. Sem medo, mas com respeito.

Beijos malaguetas!

Logo Fefa Pimenta

One thought on “O uso diário dos Óleos Essenciais – uma reflexão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *